ARTISTA

Daniel Gonçalves

Vence aos dezessete anos o 1º prémio de Poesia do Concurso Internacional de Poesia do Centro Internazionale Amici Scuola, promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) (Itália, 1993). Em 1994, vence o 3º prémio de Poesia do Concurso Nacional de Poesia - Ano Internacional da Família (Portugal, 1994). Em 1996 surgem as primeiras publicações dos seus textos, na "Antologia de poesia dos alunos das Residências Universitárias da Universidade do Minho" e na "Antologia de Novos Autores de Braga - somos a Água que Corre, Mão a que passa". Em 1997, o livro A Respiração dos gestos vence o Prémio de Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores/Instituto Português do Livro e das Bibliotecas, editado pela Difel em 2000, sob o nome Daniel S.G edita, pela Labirinto, as obras: Um Lugar Onde Supor o Silêncio (2003), prémio Cesário Verde 2003; O afecto das palavras (2004) e Dez Anos de Solidão (2007). Tem colaborado em diversas revistas com o Neo ou a Saudade e participado em várias antologias poéticas e livros de homenagem a outros poetas, como Eugénio de Andrade e Antonio Ramos Rosa.

 

PROJETOS

Poemas do Tempo claro das coisas
1º LABJOVEM - Concurso e Mostra

Um coração simples
2º LABJOVEM - Concurso e Mostra